Habitação

Albatross, Cerberus e Tikehau interessados no “Projeto Zip”

Ana Tavares |
Albatross, Cerberus e Tikehau interessados no “Projeto Zip”

Estes fundos de investimento foram selecionados para apresentar propostas vinculativas para a compra deste portfólio, no valor de 360 milhões de euros, colocado à venda em julho.

Estão em causa 4.435 frações habitacionais, a maior parte já com inquilinos, situadas sobretudo nos centros urbanos do Porto, Lisboa e Setúbal. Os imóveis fazem parte de vários fundos de investimento imobiliário para arrendamento habitacional (FIIAH) geridos pela Norfin e detidos por vários bancos, entre os quais o Novo Banco, a CGD, Montepio, Millennium bcp ou Santander Totta.

Segundo o Eco, a fase de apresentação de propostas não vinculativas terminou em meados de setembro, mas só estes três fundos passaram à fase de ofertas vinculativas. O vencedor escolhido passará à última fase de negociações para conclusão da operação.