Promoção Imobiliária

2022 significa digitalização, sustentabilidade e inovação do setor imobiliário

Ana Tavares |
2022 significa digitalização, sustentabilidade e inovação do setor imobiliário
LAGO ALTEAR

Sponsored Content: SOLYD Property Developers

O setor imobiliário não ficou imune a estes impactos estruturais e às novas configurações sociais que surgiram neste “novo normal”. E nós, como um player tão relevante no setor, repensámos a forma como olhamos para o negócio, para o cliente e para os projetos: mais do que nunca a digitalização, a sustentabilidade e a inovação são essenciais como fatores distintos no setor. O termo “resiliência” marcou a nossa atividade – assim como de todo o setor – durante os últimos tempos, fruto da capacidade incontornável que promotores, construtores e investidores têm em fazer face aos desafios de uma pandemia mundial e com um enorme impacto económico e social.

O setor imobiliário reinventou-se, a muitos níveis. A capacidade de inovação e de atualização tem sido admirável, desde o ponto de vista dos projetos, aos próprios métodos de trabalho e contacto com o cliente. Depois de sucessivos confinamentos e restrições à circulação, a digitalização foi, sem dúvida, o acontecimento mais marcante e que transformou por completo a nosso modus operandi. A necessidade de comunicarmos à distância levou-nos a apostar em formas cada vez mais eficazes de mantermos o contacto com clientes e parceiros, ao mesmo tempo que assegurámos novas formas de apresentar projetos através de meios e plataformas digitais.

O online assumiu-se como o grande motor de crescimento da mediação imobiliária em plena pandemia - impulsionado pela adesão dos clientes (também cada vez mais digitais) às plataformas como principal canal de descoberta de imóveis, contacto com profissionais e posterior transação imobiliária. Permitiu aos portugueses e estrangeiros encontrar casas para viver ou investir em Portugal, aos profissionais mostrar/promover os imóveis em tempos de confinamento, e mostrou-se também depois fundamental na hora de retomar a atividade de portas abertas.

Naturalmente, podemos verificar inúmeras formas de inovação que estão a marcar a atividade imobiliária em Portugal e, na SOLYD, acreditamos que estamos no bom caminho no que se refere a criarmos novos produtos, oferecermos novos serviços e experiências, e desenvolvermos uma atividade sustentável, a fim de irmos ao encontro das novas necessidades do mercado e do consumidor.

Neste período de pandemia em Portugal, aproveitámos para lançar no mercado produtos perfeitamente enquadrados com as novas tendências e que acreditamos fazerem jus à capacidade de inovação e adaptação do setor.

ALTEAR

O ALTEAR, na Alta de Lisboa, é um destes projetos. No seu todo, este projeto contará com 536 apartamentos e 29 espaços comerciais, para além de estacionamento e arrecadações privativos, distribuídos por 10 edifícios numa área total de mais de 120.000 m2. Neste empreendimento já foram realizados seis lançamentos (LAGO ALTEAR Blocos A e B, LIFE ALTEAR, VISTA ALTEAR, PARQUE ALTEAR, PANORAMA ALTEAR e AVENIDA ALTEAR) onde contamos já com uma taxa de colocação global de cerca de 85%, o que vem a confirmar a excelente recetividade do mercado ao projeto ALTEAR. Neste novo centro da cidade, procurámos desenvolver um projeto com uma configuração elegante, apostando em materiais de elevada qualidade, criteriosamente selecionados de acordo com o seu impacto ambiental, o novo pilar da nossa atividade na SOLYD e do setor em geral. Tivemos atenção a pormenores, que vão desde o máximo conforto acústico e térmico, e orientámos esforços para ir ao encontro das novas necessidades e de um estilo de vida sustentável e saudável. Foi por isso que apostámos em oferecer serviços orientados ao bem-estar dos residentes do ALTEAR, entre eles piscinas, ginásios, salas multiusos, estacionamentos preparados para veículos elétricos, entre outros.

VISTA ALTEAR
VISTA ALTEAR

Do ponto de vista da eficiência energética, este é também um projeto singular. Em parceria com a EDP Comercial, será criado no ALTEAR um verdadeiro “bairro solar”, que inclui a instalação de painéis na cobertura dos empreendimentos e onde será produzida energia solar que será utilizada pelas famílias, negócios e zonas comuns dos edifícios. Ainda no âmbito desta parceria, apostámos também na mobilidade elétrica, sendo que os edifícios serão adaptados para receberem pontos de carregamento para veículos elétricos. Estamos, de facto, empenhados em responder à procura crescente por imóveis sustentáveis do ponto de vista energético, que incorporem eletricidade renovável e que promovam a mobilidade elétrica – é por isso que oferecemos também aos novos moradores do ALTEAR uma trotinete para que possam desfrutar do seu bairro de uma forma mais sustentável e conveniente.

Neste empreendimento, cada detalhe foi pensado ao pormenor, de forma a assegurar o bem-estar dos moradores e do meio ambiente. Além da própria conceção dos apartamentos, apostámos na relação com os espaços exteriores e a envolvente, através da existência de amplas varandas com vistas convidativas e relaxantes, assim como os diversos espaços verdes que envolvem este projeto. Os apartamentos possuem uma luz natural convidativa, configuração elegante e materiais de elevada qualidade, criteriosamente selecionados de acordo com parâmetros ambiciosos de proteção ambiental. Apostámos também num sistema de climatização de elevado rendimento, um sistema de ventilação individualizado e um sistema de aquecimento de água com apoio de painéis solares, garantindo a certificação energética A em todos os apartamentos. Com este projeto em específico, pudemos verificar a longevidade da capacidade de inovação para o nosso setor, que anda de mão dada com a sustentabilidade e a digitalização.

PANORAMA ALTEAR
PANORAMA ALTEAR

PARQUE ALTEAR
PARQUE ALTEAR

A sustentabilidade tem de se tornar o foco de atuação de todos nós, promotores, arquitetos, construtores e outros players do setor, apoiando-nos nas novas potencialidades que o digital nos oferece na comunicação com os nossos clientes e na própria conceção e desenvolvimento dos nossos projetos.

A digitalização proporciona-nos novas formas de colaborar e comunicar iniciativas e projetos, também elas mais sustentáveis. Torna-se crítico que todos os envolvidos no setor apostem nestas formas de tecnologia, e que possamos incluir neste processo o maior número de tarefas que tornam a experiência de colaboração e contacto com o cliente mais imersiva.

A digitalização e a sustentabilidade são o caminho para a inovação e atualização do setor e serviços às necessidades atuais da sociedade e do mercado. Assim poderemos promover um ano no qual o crescimento do setor se alia a causas globais e necessárias, ao mesmo tempo que variamos a nossa oferta e vamos ao encontro das crescentes exigências dos nossos clientes.

Que 2022 signifique, de facto, mais digitalização, sustentabilidade e inovação no imobiliário!

Gonçalo Cadete, Managing Partner da SOLYD Property Developers