Vanguard Properties investe €30M em nova promoção nas Amoreiras

Ana Tavares |
Vanguard Properties investe €30M em nova promoção nas Amoreiras

 

Na zona das Amoreiras, e junto ao Hotel Dom Pedro, vai surgir este projeto residencial, que terá piscinas interior e exterior, estacionamento SPA, ginásio ou serviço de concierge. Os 34 apartamentos serão distribuídos por 15 pisos e terão tipologias entre T1 e T5, com valores entre os 600.000 e os 4 milhões de euros (no caso da penthouse do 15º piso).

O projeto de arquitetura é assinado pelo gabinete Saraiva + Associados. Procurou-se reconverter este edifício de escritórios dos anos 80 num edifício de habitação premium, definido pela sua arquitetura contemporânea e pelas vistas sobre a cidade e Monsanto. O imóvel foi comprado a um fundo gerido pelo Banif, anteriormente propriedade do grupo Amorim.

Numa das empenas do edifício, estará exposta uma intervenção artística que ocupará uma superfície vertical de 500 m², para a qual será lançado em breve um concurso artístico com vários artistas de renome convidados.

José Cardoso Botelho, diretor geral da Vanguard Properties, explica que «o projeto A´Tower será um projeto único em Lisboa, pela sua qualidade, exclusividade, localização e vistas incríveis. Nenhum pormenor em termos de qualidade de materiais, design, decoração e conforto foi deixado ao acaso», salientando o concurso artístico, que «mostra o seu nível de exclusividade. Estamos certos de que o projeto será um sucesso de vendas e que será um marco arquitetónico da cidade».

Para já, estão dois apartamentos vendidos nomeadamente a dois portugueses, e há interessados em 12 frações, incluindo a penthouse. Mas os públicos francês e brasileiro serão também alguns dos grandes públicos-alvo do projeto. «Esta é uma zona muito confortável. A Vanguard Properties sempre procurou afastar-se de zonas muito turísticas, para mantermos zonas calmas e aprazíveis», explica o responsável, que garante que «os nossos clientes estão preocupados em fazer um bom investimento».

O responsável falava à VI na apresentação deste projeto, que teve lugar esta semana em Lisboa, na qual participou também Claude Berda, o milionário francês proprietário da Vanguard Properties. Para si, «Portugal é um paraíso, apaixonei-me já há 30 anos, e posso dizer que me vou instalar em Lisboa, uma cidade fantástica, com um clima de segurança único na Europa».

Acredita que o novo empreendimento «vai permitir disfrutar de Lisboa, oferecendo o melhor de dois mundos: mobilidade, proximidade ao centro, e conveniência, além de uma vista privilegiada. É uma oportunidade única para quem investe», conclui Berda.

 

Projetos planeados superam os 1.000 milhões de euros

Em carteira, a Vanguard Properties tem um forte investimento no mercado residencial português, nomeadamente na zona de Lisboa, Algarve e Comporta.

José Cardoso Botelho avança que a empresa tem em comercialização A ‘Tower, o Castilho 203, em Lisboa, e em breve avança o projeto Muda Reserve, em Grândola, e o White Shell, no Algarve. «Para o ano vamos ter uma série de lançamentos. Comprámos muitos edifícios em 2016 e estão atualmente em finalização das fases de projeto, como a Infinity Tower, em Campolide, o Bayline, o Muda Reserve, um projeto na Quinta do Lago e outro no Alto da Boa Viagem, e se tudo correr bem, a Comporta avança no próximo ano».

Fora o possível projeto da Herdade da Comporta, compra à qual a empresa é candidata em conjunto com o Paula Amorim, o investimento da empresa em Portugal já soma os 680 milhões de euros.

José Cardoso Botelho avança que «neste momento estamos a olhar para mais uma ou duas aquisições no valor de 40 milhões de euros na região de Lisboa, e depois vamos digerir este investimento, temos já um volume grande em carteira. Estamos abertos a novas oportunidades e a novas parcerias, mas não faremos aquisições de grande dimensão nos próximos tempos», conclui.