Vanguard Properties avança projeto do Muda Reserve

Ana Tavares |
Vanguard Properties avança projeto do Muda Reserve

 

Esta empreitada inclui a rede viária, rede de drenagem de esgotos, pluvial e doméstica, de abastecimento de água potável e rega, de gás ou de eletricidade e telecomunicações. Está também prevista a execução dos novos espaços verdes, campos de jogos e construção de uma capela, num total de 6,5 quilómetros de arruamentos, passeios e condutas.

A preocupação ambiental está presente neste projeto, já que as infraestruturas vão respeitar a morfologia do terreno e a preservação das espécies arbóreas existentes, «mesmo tratando-se de espécies não protegidas, de forma a manter o enquadramento paisagístico existente, traduzindo-se numa intervenção humana que ficará harmoniosamente integrada no meio ambiente», ressalva a empresa em comunicado.

A zona urbana do Muda Reserve prevê a construção de uma «nova aldeia» com 50 vivendas geminadas, designadas por Casas da Aldeia, com tipologias entre o T0 e o T3 e áreas entre os 60 e os 200 m², incluindo jardim privado com piscina e equipamentos de apoio como campos desportivos, piscina, zona comercial, parque infantil, entre outros.

Por outro lado, as Villas da Aldeia serão compostas por 150 lotes com áreas entre os 670 e os 1.300 m² com tipologias T3 a T6 e áreas de construção entre os 150 e os 700 m².

O Muda Reserve terá ainda 42 quintas até 7 hectares «totalmente infraestruturadas» que permitem a construção de habitações até 500 m² e 100 m² de áreas impermeabilizadas.

O Muda Reserve deverá representar um investimento de cerca de 200 milhões de euros, incluindo uma área de 350 hectares.