Construção

Urbania negoceia espaço em Lisboa para se estrear em build-to-rent

Vanessa Sousa |
Urbania negoceia espaço em Lisboa para se estrear em build-to-rent

Mais detalhes sobre a localização do ativo, ou sobre a área que possui não foram revelados, mas sabe-se que Urbania tem ainda mais planos para investir no segmento alternativo.

Apostar nas residências para seniores quer em Portugal quer em Espanha é um dos caminhos a seguir, para o qual já procuram oportunidades no mercado. Outro passa por alargar o seu espetro de edifícios de coworking com dois novos desenvolvimentos em Em Espanha: o MyMonday, em Madrid, que terá 4.000 metros quadrados; e o MyMonday em Málaga, junto ao centro comercial Muelle Uno.

A par destes planos, continuar a viagem pelo segmento de residências para estudantes também é uma estratégia a seguir. Em Portugal, Urbania apenas iniciou este trajeto em outubro passado, investindo 8 milhões de euros numa nova unidade na cidade do Porto. Na ocasião, Jeffrey Sújar, CEO de Syllabus (marca de Urbania especializada neste setor), revelou em entrevista ao espanhol Eje Prime, que «várias oportunidades» neste segmento estavam a ser estudadas em Lisboa e também na cidade invicta. 

Neste segmento, o grupo tem planos ainda mais ambiciosos para Espanha, que passam pelo desenvolvimento de outras 8 unidades – localizadas em Madrid, Valência, Málaga, Pamplona, Sevilla, Salamanca – num investimento avaliado em 150 milhões de euros, que deverá também ser suportado pela norte-americana Invesco.