Turismo precisa de mais investimento na formação

Ana Tavares |
Turismo precisa de mais investimento na formação

 

Quem o diz é o secretário de Estado angolano para o Ensino Superior, que discursava na Feira das Instituições de Ensino e Formação em Hotelaria e Turismo, em Luanda. Salientando este como um dos principais setores para a diversificação da economia em Angola, Eugénio da Silva apontou como principais desafios da indústria «a formação de profissionais com um perfil adequado, capazes de um bom desempenho, razão pela qual é necessário existir uma ligação entre a teoria e a prática durante a formação», cita o Observador.

O governante defende ainda o estabelecimento de parcerias entre as instituições de ensino e de formação profissional com os operadores turísticos e hoteleiros.

Dados oficiais divulgados este mês pelo Governo, mostram que as receitas turísticas angolanas renderam ao Estado 10.000 milhões de kwanzas no ano passado, valor que já foi atingido no primeiro semestre deste ano. O setor representa apenas 3,5% do PIB do país.