Porto

Take up do Porto soma os 8.000 m2

Ana Tavares |
Take up do Porto soma os 8.000 m2

É o que conclui a JLL no decorrer da análise do Porto Prime Index. Mariana Rosa, Head of Office & Logistics Agency & Transaction Manager da JLL, destaca que «à semelhança do que é a tendência em Lisboa, poderiam estar muito mais robustos se houvesse capacidade de resposta do lado da oferta».

A responsável salienta que «o Porto é um destino de escolha para cada vez mais empresas multinacionais e com uma oferta que está a qualificar-se bastante. É um mercado com um enorme potencial de crescimento que já necessitava de monitorização rigorosa como a do Porto Prime Index, que permita às empresas que querem investir na cidade ter dados comparáveis com outros mercados».

Segundo a consultora, registam-se 7 operações neste mercado no período analisado, com uma área média de 1.143 m², duas delas registadas em fevereiro, num total de 468 m². A Zona Oriental e a Outras Zonas do Porto foram as mais dinâmicas a nível de ocupação, somando 46% do take up, respetivamente.