Coliving

Smart Studios arranca 2020 com plano de investimento de €125M

Ana Tavares |
Smart Studios arranca 2020 com plano de investimento de €125M

Em entrevista à VI, Ricardo Kendall, CEO e fundador da Smart Studios, avança que «temos neste momento 600 apartamentos arrendados e 1.500 em licenciamento. O nosso principal foco em 2020 será o licenciamento dos projetos que temos na Câmara de Lisboa, para começar a construir assim que possível». A concretização destes projetos depende da luz verde da autarquia.

Sem dar mais pormenores sobre os mesmos, Ricardo Kendall avança que entre as principais novidades estão 630 novos apartamentos na zona da Alta de Lisboa/Lumiar, além de outros 270 na zona do Areeiro, 300 na Ajuda e 240 no Porto.

No próximo ano, a Smart Studios quer ter em carteira 2.150 apartamentos de tipologias T0 a T2.

 

Primeiro co-living vai ser “uma pedra no charco”

Resultado de um investimento de 5 milhões de euros, um dos mais recentes projetos da Smart Studios é o Santa Apolónia Smart Studios, em Lisboa, um projeto de co-living destinado essencialmente a young professionals, que abre em julho com 114 unidades de alojamento.

Segundo Ricardo Kendall, «a localização é excelente, numa das principais zonas de maior crescimento e futuro de Lisboa. Este edifício foi concebido mais para profissionais e é todo virado p o rio. Vai ter ginásio, salas de cinema, salas dedicadas a co-working, rooftop». A ideia é «ser uma pedra no charco, não há nada em Lisboa assim».

 

Smart Studios Carcavelos inaugura em junho

Em Carcavelos, junto à Universidade Nova e à Nova Escola de Segurança da NATO, a Smart Studios está a desenvolver um conjunto de 301 apartamentos que deverá inaugurar em junho, e que já está quase 100% ocupado. Destina-se principalmente a estudantes, e envolve um investimento de 20 milhões de euros.