Rivercrown compra fundo Maxirent e a gestora Refundos

Susana Correia |
Rivercrown compra fundo Maxirent e a gestora Refundos

Criado em 1993, o Maxirent é um fundo imobiliário fechado português que, a 31 de agosto de 2019, somava 100 milhões de euros em ativos em carteira, sendo que mais de 90% deste valor corresponde a nove ativos localizados em Lisboa.

Em simultâneo com a aquisição do fundo, a Rivercrown acordou também a compra da totalidade da Refundos, a sociedade gestora de fundos que tem a seu cargo o fundo Maxirent, e que era até agora detida pela Sonagi, a holding imobiliária do grupo português Semapa. A conclusão do negócio está agora dependente da aprovação do Banco de Portugal.

Fundada em 2004, a Rivercrown desenvolve duas linhas de negócio:  investimento em dívida e equity e assessoria financeira e na área dos capital markets. Até à data, a empresa já concluiu transações no valor de mais de 10.000 milhões de euros ao abrigo da sua área de investimento, através da qual fechou também a compra do fundo Maxirent.

Jacob Lyons, managing director da Rivercrown, e Carla André, managing director no mercado português, comentam esta operação, esclarecendo que «a aquisição de um negócio de gestão de fundos tão conceituado como a Refundos e de portfolio de ativos de qualidade e bem gerido como o do Maxirent, vem dar massa crítica à nossa atividade em Portugal. Estamos confiantes no mercado português e vamos continuar a investir onde identifiquemos valor e oportunidades para ganhar ainda mais escala».