Visto Gold

Recentes alterações aos Vistos Gold são “enorme oportunidade” para a Madeira

Ana Tavares |
Recentes alterações aos Vistos Gold são “enorme oportunidade” para a Madeira

Entre 2017 e 2021, a Madeira captou um total de 60 milhões de euros com a concessão de Vistos Gold, e considera que as recentes alterações ao programa de Autorização de Residência para Investimento, que excluem Lisboa e Porto da compra de habitação, são «uma enorme oportunidade» para a região.

Este investimento diz respeito a 50 vistos, a maior parte dos quais concedidos através da compra de bens imóveis de valor superior a 500.000 euros. A maior parte dos investidores são russos, norte-americanos, brasileiros, chineses, sul-africanos ou bolivianos.

Rui Barreto, secretário da Economia do Governo Regional da Madeira, que falava durante um seminário sobre o tema no Funchal, afirmou que «estamos a falar de investimentos na área residencial de luxo, mas o Governo Regional está preocupado também com a oferta no mercado imobiliário para os residentes e pessoas que têm baixo rendimento», admitindo que os Vistos Gold inflacionam os preços da habitação na região, cita o Economia ao Minuto.

No ano passado, foram investidos em Portugal 460 milhões de euros através da concessão de ARIs, menos 28% que os 646,7 milhões de euros investidos em 2020. Foram atribuídos 865 vistos, menos 317 que no ano anterior.