Sonae Sierra

Primeira SIGI portuguesa entra na Euronext

Ana Tavares |
Primeira SIGI portuguesa entra na Euronext

A SIGI arranca atualmente detida pelo Bankinter a 12% e pela Sonae Sierra a 5,14%, estando os restantes 82,86% destinados a pequenos acionistas, com um ativo total de 50 milhões de euros. Cada uma das 12.550.000 ações vai valer 4 euros.

Qualquer investidor poderá a partir de agora adquirir ações da ORES Portugal através da Euronext Access, e diversificar o seu portfólio, investindo em ativos imobiliários de rendimento, com contratos de longa duração e operadores reconhecidos, situados nos maiores centros urbanos de Portugal e Espanha.

Entre os principais focos de investimento estarão espaços de comércio de rua de luxo, supermercados e hipermercados, retail parks, unidades stand alone com arrendatários, solventes e contratos de longo prazo, sucursais de bancos ou escritórios. Menos de 20% do portfólio dirá respeito a imóveis não comerciais. Em comunicado, a SIGI revela que já identificou vários ativos imobiliários que poderão fazer parte do seu portfólio de investimento a curto prazo no nosso país. 

Esta é uma notícia há muito aguardada pelo mercado imobiliário português. A criação das SIGI foi anunciada há vários anos, mas só agora a primeira sociedade vê a luz do dia, replicando o modelo bem-sucedido da SOCIMI espanhola Olimpo Real Estate, que as duas empresas lançaram no país vizinho em 2017. Com a entrada em ação deste segundo REIT, a ORES pode vir a abranger uma carteira de imóveis sob gestão superior a 500 milhões de euros. 

Isabel Ucha, CEO da Euronext Lisboa, felicita «a ORES Portugal e a Sonae Sierra, juntamente com o Bankinter, pela admissão à negociação em bolsa da primeira empresa de investimento imobiliário, sob o novo regime SIGI, no Euronext Access! Esta admissão demonstra o contínuo compromisso e confiança dos parceiros na economia Portuguesa. Esperamos que esta admissão permita à empresa aplicar a sua estratégia de investimento em Portugal, inovando e expandindo o seu negócio».

Para Alberto Ramos, CEO do Bankinter Portugal, «a entrada da ORES em Bolsa demonstra que o Bankinter continua a disponibilizar em Portugal serviços e instrumentos financeiros inovadores, alargando o leque de opções de investimento disponíveis para os nossos clientes e para o público em geral». E considera que «esta operação, pioneira em Portugal, reafirma também o nosso compromisso com o desenvolvimento económico em Portugal e representa um contributo importante para a dinamização de um dos seus setores mais relevantes».

Já Alexandre Fernandes, Head of Asset Management da Sonae Sierra, acrescenta que «a criação da primeira SIGI em Portugal e a sua subsequente entrada em bolsa são passos muito importantes para a Sonae Sierra, enquadrando-se na nossa estratégia de aumento de exposição a novos veículos de investimento imobiliário. Ficamos muito satisfeitos com esta iniciativa e com a parceria estratégica com o Bankinter, que vai certamente permitir dinamizar o mercado de capitais e o mercado de investimento imobiliário português».