Expo Real

Porto, Gaia e Matosinhos promovem na Expo Real oportunidades de «um território conjunto»

Ana Tavares |
Porto, Gaia e Matosinhos promovem na Expo Real oportunidades de «um território conjunto»
Luísa Salgueiro, Presidente da CMM; Ricardo Valente, vereador da Economia da CMP, Eduardo Vítor Rodrigues, Presidente da CMG

Pela primeira vez este ano, Porto, Vila Nova de Gaia e Matosinhos apresentam as suas oportunidades de investimento na Expo Real, até 6 de outubro, através da nova parceria “Greater Porto”, «uma grande mudança de estratégia e de posicionamento» que pretende apresentar «um território conjunto, ao nível dos grandes territórios europeus».

As palavras são de Ricardo Valente, vereador do Turismo da Câmara Municipal do Porto, que revelou à Vida Imobiliária durante o primeiro dia do certame que a parceria «é o grande caminho. Estes são territórios concorrentes, mas capazes de colaborar com vista a escalar a presença deste território». Para o edil, «o Porto é a porta de entrada de um território muito mais vasto, representa a marca que é capaz de unir esse território. O “Greater Porto” representa esta marca, que transcende o limite administrativo da cidade». Um stand que «está lado a lado com os melhores da Expo Real», apresentando uma cidade «boa para visitar, para trabalhar, que cria enormes oportunidades do ponto de vista do investimento imobiliário».

IMG_3095

Eduardo Vítor Rodrigues, Presidente da Câmara Municipal de Gaia, descreve que cada uma das cidades «tem as suas especificidades e contextos próprios, mas também articulação e interdependências. Representam um contínuo urbano que prestigia e traz valor à marca Porto». Afirma que Gaia faz parte «de um processo de internacionalização do país», nomeadamente enquanto 3º maior município. E completa que «este trabalho não se faz numa presença ou duas ou de forma isolada, há um trabalho a fazer depois desta “missão”, tendo a noção de que tem de ter continuidade. Temos de continuar a trabalhar para estar entre a panóplia de oportunidades que os investidores procuram à escala global».

IMG_3096

Por seu turno, Luísa Salgueiro, Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, destaca «uma participação inédita» de um território que é «contínuo, e assim pode ter uma escala superior. Queremos que este “Greater Porto” coloque Portugal no mapa, e que os resultados possam também valorizar as empresas que já trabalham nos nossos municípios, fomentar negócio, gerar riqueza, promover a economia». A responsável considera que a região «tem todas as condições para ser o local certo para o investimento»

IMG_3094