Negócios

Novaxia compra terrenos na zona de Lisboa para novo projeto multiusos

Ana Tavares |
Novaxia compra terrenos na zona de Lisboa para novo projeto multiusos

A Novaxia Investissement, através de um dos seus fundos, comprou um conjunto de terrenos na zona da Amadora ao Millennium bcp para construir um novo projeto multiusos de grande escala. É o seu primeiro investimento em Portugal.

Em causa neste negócio, cujo valor não foi revelado, estão 5 terrenos, que perfazem uma área de 72.000 metros quadrados, com um potencial construtivo de 107.000 metros quadrados acima do solo. Estão permitidos usos como serviços, habitação e equipamentos diversos, incluindo nas áreas da saúde, educação ou cultura, e os primeiros estudos propõem a criação de espaços verdes. Junto a Benfica, os terrenos situam-se próximos de acessibilidades, quer rodoviárias, quer da rede pública de transportes da Amadora, incluindo a estação de Metro.

Mathieu Descout, President da Novaxia Investissement, comenta em comunicado que «este é um projeto de requalificação urbana emblemático, uma especialidade da Novaxia Investissement. Em parceria com o BNPP Real Estate, a Novaxia Investissement está a realizar um dos seus primeiros projetos de requalificação urbana fora de França, tornando possível dinamizar um bairro sem alterar negativamente a natureza dos solos. A Novaxia Investissement deseja continuar a sua expansão internacional através de projetos de todas as dimensões, acompanhando sempre os seus parceiros».

O departamento de Development da JLL acompanhou o Millennium bcp nesta transação. Gonçalo Ponces, Head of Development da consultora, destaca que «esta transação confirma a forte procura internacional por projetos de desenvolvimento imobiliário de grande escala e surge como uma oportunidade única de renovar o stock imobiliário existente, permitindo que este seja comercializado no futuro a preços mais ajustados à capacidade da generalidade das famílias e empresas portuguesas. Este novo projeto de construção nova combina uma série de fatores que tornam o seu potencial indiscutível: (i) localização junto ao limite territorial de dois dos concelhos mais relevantes do país; (ii) escala/dimensão rara na realidade destes dois centros urbanos; (iii) excelentes acessibilidades, quer a nível rodoviário quer a nível de transportes públicos».

E completa que «acima de tudo, o futuro projeto imobiliário a nascer nestes terrenos, pela sua escala, vai dar um contributo importante para a regeneração de que este território tem sido alvo nos últimos anos, dando continuidade ao grande investimento municipal realizado numa das localizações mais estratégicas para o concelho da Amadora».

O processo de negociação, estudos iniciais e introdução das duas partes foi levada a cabo pelo BNP Paribas Real Estate, enquanto Development Manager. Pedro Alves Torgo, Head of BNPP RE Portugal e Property Development Director Iberia, explica que «o BNPP Real Estate Portugal, atuando como promotor imobiliário multi asset class, identificou o projeto da Fábrica com um enorme potencial de desenvolvimento e procurou fazer esta parceria com a Novaxia para trazer para o concelho da Amadora uma nova centralidade ao serviço da cidade e das pessoas. Com efeito, antes da concretização desta aquisição pela Novaxia, foram realizados importantes estudos técnicos e urbanísticos em proximidade com a equipa técnica do município da Amadora e com o apoio do Mbcp e da JLL».