Lisboa no top 10 do ranking mundial de congressos associativos

Ana Tavares |
Lisboa no top 10 do ranking mundial de congressos associativos

A capital portuguesa sobe assim de posição entre as cidades analisadas, ultrapassando Londres, Singapura e Praga, na lista liderada por Paris.

Portugal mantém entretanto o 11º lugar no ranking anual dos destinos mais procurados para a realização de congressos, conferências e eventos internacionais. Acolheu mais 8 eventos que no ano anterior, num total de 306, mas mantém-se fora do top 10, que chegou a ocupar há 2 anos.

Vítor Costa, diretor geral da Associação Turismo de Lisboa, comentou estes resultados, destacando o «posicionamento internacional invejável» da capital, e acredita que estes  «tornam mais atual a proposta que tem vindo a ser feita nos sucessivos Planos Estratégicos do Turismo de criação de um grande Centro de Congressos de cariz institucional capaz de acolher os congressos de grande dimensão, que hoje dificilmente se realizam em Lisboa por insuficiência dos equipamentos existentes».

Na lista dos destinos que receberam um mínimo de 5 eventos, a ICCA coloca o Porto em 32º lugar, com 71 eventos, seguido por Cascais e Coimbra, em 180ª posição, com 16 eventos, Aveiro, em 225º lugar com 12 eventos, Braga, em 302ª posição com 8 eventos e Faro e Funchal, ambas com 5 congressos e em 409º lugar no ranking mundial.

Segundo o Negócios, esta lista só contabiliza encontros organizados por associações, realizados numa base regular, com um mínimo de 50 participantes e que já tenham passado rotativamente por, pelo menos, três países.