Liquidez vai continuar a direcionar investimento para todos os setores

Ana Tavares |
Liquidez vai continuar a direcionar investimento para todos os setores

De acordo com o WMarket da Worx, os investidores estrangeiros continuarão a ter um papel preponderante no investimento em 2020, depois de terem representado 82% do total das transações efetuadas em 2019. No ano passado, o volume transacionado chegou aos 3.200 milhões de euros, num total de 74 operações de investimento imobiliário comercial. Só o setor dos escritórios registou um volume investido de cerca de 1.000 milhões de euros.

A consultora destaca que «o investimento em imobiliário comercial continua em níveis recorde em Portugal. A segurança e rentabilidade que apresenta, bem como a elevada liquidez por parte dos investidores são as principais justificações». E considera que «os alicerces do mercado continuam sólidos, a procura mantém-se ativa e persiste a escassez de investimentos disponíveis, o que tem provocado uma forte valorização dos ativos imobiliários».

Pedro Valente, do departamento de Capital Markets da Worx, aponta que «Lisboa continua a ser o principal destino de grande parte do volume de investimento. No entanto, a procura tem vindo a alargar-se a outras zonas do país, tais como o Porto e o Algarve. Estas zonas têm vindo a demonstrar potencial de crescimento e serão uma aposta para o futuro».