Alentejo

Investidor alemão aplica €8M em projeto turístico no Alentejo

Ana Tavares |
Investidor alemão aplica €8M em projeto turístico no Alentejo

Este investimento vai incluir a construção de um novo hotel de charme, que terá 20 quartos de luxo e um restaurante, num investimento estimado de 6,5 milhões de euros.

Inclui também a ampliação da adega e investimento no processo de produção de vinhos, num total de cerca de 1,3 milhões de euros. A Quinta do Paral quer destacar-se pelo foco na sustentabilidade e na tradição alentejana.

Dieter comenta em comunicado de imprensa que o mundo da viticultura foi desde sempre uma paixão: «sempre sonhei em construir um negócio de família onde criássemos vinhos excecionais que refletissem o caráter do seu “terroir”. No Alentejo, mais propriamente na Vidigueira, encontrei todas as condições para realizar este sonho. O objetivo da Quinta do Paral passa por criar vinhos únicos e de qualidade superior, bem como proporcionar experiências inigualáveis através dos nossos serviços como a criação do boutique hotel e do enoturismo. Este último começará a ser construído num futuro próximo».

A Quinta do Paral tem um total de 40 hectares de vinha e 12 hectares de vinhas velhas, sujeitos a práticas de proteção integrada, que reduzem a necessidade do uso de pesticidas, «permitindo a criação de vinhos de qualidade superior». Aqui podem ser encontradas referências históricas desde o século XVIII. Tem vinhas desde a década de 20 do século passado, e a mais recente aquisição deste ativo foi feita pelo Conde de Palma, José Luís d’Andrade de Vasconcelos e Sousa, na década de 60.