Investimento

Fechada a venda do hotel Aqualuz por €20,65M

Ana Tavares |
Fechada a venda do hotel Aqualuz por €20,65M

A notícia de acordo entre as duas partes tinha sido dada já a 3 de novembro, mas só agora a venda foi concluída. De acordo com a consultora JLL, que representou a Sonae Capital nesta transação, o negócio foi concretizado a 18 de novembro (esta quarta-feira), e a venda foi realizada através de uma participada da Sonae Capital, a Bloco Q – Sociedade Imobiliária, S.A.

No início do mês, a Sonae Capital avançava que esta operação se «enquadra na estratégia da Sonae Capital de venda de ativos não core, cuja finalidade é potenciar o crescimento do seu portefólio e manter uma estrutura de capital adequada à tipologia de negócios e ativos detidos pelo grupo». O impacto estimado desta venda nos capitais próprios do grupo Sonae Capital é de aproximadamente -1,9 milhões de euros.

Karina Simões, Head of Hotel Advisory da JLL em Portugal, comenta em comunicado que esta «trata-se de uma unidade muito bem localizada, com um track record operacional sólido e que mantém um operador de prestígio». E acrescenta que «a sua transação comprova que, não obstante uma postura de maior cautela devido à forte incerteza na evolução do turismo, os investidores mantêm interesse no setor hoteleiro e que continua a haver boas oportunidades mesmo no atual contexto».

Este ativo continuará a ser operado pela SC Hospitality, área de negócio de exploração hoteleira da Sonae Capital.

O Aqualuz – Suite Hotel Apartamentos tem 4 estrelas e um total de 30 estúdios, 10 suites standard, 129 suites T1 e quatro suites familiares. Tem ainda 4 piscinas, um spa com serviços de massagens, restaurante e bar, cabeleireiro e outros apoios.

A JLL recorda que estão atualmente no mercado como produto de investimento para compra um total de 4 unidades hoteleiras portuguesas com operador. O pipeline de oportunidades «continua ativo, apesar da expectável pausa nas transações previstas para este ano», garante a consultora.

Saiba mais sobre este negócio aqui.