Amro quer investir em residências de estudantes em Portugal

Ana Tavares |
Amro quer investir em residências de estudantes em Portugal

No nosso país, a empresa está atenta a oportunidades mas ainda não fechou nenhuma operação. Já em Espanha, acaba de anunciar a sua terceira residência de 6.000 m² em Málaga, onde vai ter 229 camas. As obras arrancam no primeiro trimestre do próximo ano.

Raj Kotecha, diretor geral da empresa, afirma: «temos uma sólida carteira de oportunidades na Península Ibérica e estamos ativamente a procurar novos ativos para investir», cita o EjePrime.

A residência de Málaga soma-se a outros dois imóveis no campus da Universidade de Granada, com 354 camas, e outro com 341 camas em Sevilla. Até 2022, a empresa quer ter entre 10 a 15 residências na Península Ibérica.