Almada e IHRU pedem apoios europeus para 3.600 casas acessíveis

Ana Tavares |
Almada e IHRU pedem apoios europeus para 3.600 casas acessíveis

Estas habitações estão previstas no Projeto Habitacional de Almada Poente, e vão ser construídas em terrenos do IHRU em Almada, num total de mais de 3.000 m², com capacidade para mais de 9.000 pessoas. Será também construída uma unidade residencial para idosos com serviços comunitários com 30 fogos.

«Não estava prevista especificamente esta candidatura conjunta, mas como abriram as candidaturas que possibilitaram uma articulação com o IHRU, nós aproveitámos», explica a vereadora da Habitação Maria Teodolinda Silveira ao Eco.

A candidatura em causa foi submetida através do programa europeu Ações Urbanas Inovadoras, através do qual a EU disponibiliza, através do FEDER, recursos para projetos inovadores, num total de 372 milhões de euros entre 2014 e 2020. Se aprovada, a parceria espera conseguir um financiamento de mais de 6 milhões de euros para um projeto que, no total, deverá custar cerca de 7,5 milhões. De recordar ainda que, em julho passado, foi aprovado em Conselho de Ministros um investimento de 2,8 milhões de euros neste projeto por parte do IHRU.

Este projeto deverá ser concluído num prazo de 6 a 10 anos. O primeiro lote, que terá 284 fogos, começa a ser construído já este mês.