Não há “bolha” em Portugal, diz OCDE

Ana Tavares |
Não há “bolha” em Portugal, diz OCDE

 

A OCDE destacou o tema imobiliário na parte que dedica a Portugal neste relatório, explicando que «o investimento no imobiliário está a crescer fortemente, respondendo ao aumento forte dos preços tanto nas habitações novas como nas já existentes».

Ben Westmore, responsável pela análise, explica ao Negócios que «não caracterizámos o que está a acontecer no mercado como uma bolha», acreditando que, para já, não há riscos para a economia portuguesa. Explica que não há cenário de bolha já que o aumento dos preços corresponde a uma «correção natural, até certo ponto», depois da crise. Por outro lado, a redução do stock de empréstimos para habitação também dá alguma segurança, apesar de os novos empréstimos estarem a subir.

Por outro lado, este responsável assinala que os indicadores analíticos que comparam o preço das casas com o rendimento ou o preço das rendas estão num nível «adequado» comparativamente à média dos países da OCDE, concordando que em algumas cidades podem haver áreas com valorizações acima do nível considerado normal.