Urbanismo

Urbanismo de Gaia reduz tempos de resposta durante a pandemia

Ana Tavares |
Urbanismo de Gaia reduz tempos de resposta durante a pandemia

Durante o confinamento, a autarquia criou novos canais de comunicação «mais imediatos e mais próximos, mantendo o atendimento presencial em formato reduzido, cumprindo as indicações de segurança no atendimento, a cerca de 1.000 munícipes que recorreram aos serviços para registo ou levantamento de documentos. Além de 3.000 pedidos de informação por email, foram prestados 5.000 esclarecimentos telefónicos e 200 atendimentos técnicos», segundo a autarquia.

No total, foram registados mais de 4.500 despachos até 30 de abril, «com os serviços a funcionar ativamente para dar resposta aos intervenientes no mercado da construção civil», pode ler-se em comunicado.

Neste período, a Gaiurb «conseguiu reduzir o tempo útil de resposta para dois dias, assegurando a emissão de 350 licenças, entre autorizações para novas construções, alvarás de autorização de utilização ou licenças de ocupação de espaço público, sendo notificados por e-mail ou CTT mais de três mil destinatários, numa clara demonstração de eficiência dos serviços».

António Miguel Castro, presidente do Conselho de Administração da Gaiurb, comenta que «demos um sinal para o exterior de que, perante um contexto particularmente difícil, empenhamos todo o nosso esforço em fazer parte da solução, permitir que a todos os que desejem investir no nosso Município tenham todas as condições para o realizar e que naturalmente percecionem que, pela nossa dinâmica e capacidade de resposta, pretendemos cativar o investimento em Vila Nova de Gaia».

«Mesmo com condições adversas a estratégia passou por assegurar condições para que a economia não parasse, fazer o que nos compete no nosso domínio e, para isso, contamos com uma equipa altamente motivada e qualificada e com uma articulação muito próxima e positiva com o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eng.º Patrocínio Azevedo e a Diretora Municipal do Urbanismo, Engª. Luísa Aparício», pode ainda ler-se em comunicado.

Recorde as participações dos vereadores do urbanismo de Lisboa e Porto no ciclo de webinars O Roteiro da Retoma.