Retalho

Portugueses gastam mais em alimentação e entretenimento online

Ana Tavares |
Portugueses gastam mais em alimentação e entretenimento online

De acordo com os últimos números da SIBS, referentes às compras feitas entre 30 de março e 5 de abril. O Entretenimento e Cultura registou um aumento das compras online de 64%, enquanto que a Restauração e Food Delivery e Take Away registaram uma subida de 52%. Já o Comércio Alimentar & Retalho subiu 45%.

Também o valor médio das compras online aumentou para os 38,9 euros, mais 4% que antes da confirmação dos primeiros casos de Covid-19 em Portugal.

Estes setores representaram uma em cada duas compras que os portugueses fizeram online neste período, apesar de a SIBS notar que as compras online são mais dispersas a nível de setor de atividade face às compras físicas. No entanto, a SIBS nota que «as compras online ainda se encontram 13 pontos abaixo da média registada antes da confirmação do primeiro caso de Covid-19», cita o Distribuição Hoje.

Destaque ainda para o MB Way, cujo número de pagamentos feitos até 5 de abril já superou a média registada antes da pandemia.