Lisboa

Licenciamentos: Lisboa lança Plataforma Urbanismo Digital a 22 de abril

Ana Tavares |
Licenciamentos: Lisboa lança Plataforma Urbanismo Digital a 22 de abril

A informação foi avançada pelo vereador do urbanismo, Ricardo Veludo, que falava durante a Webcast “Desafios e Oportunidades Covid-19 | Setor imobiliário”, que a Worx realizou esta semana. Segundo o autarca, «numa única plataforma, em ambiente web, ficam integrados todos os serviços de urbanismo», que incluem mais de 400 tipos de processos de trabalho e de licenciamento. Este serviço começará a ser disponibilizado de forma faseada, e «estimamos que 2 meses depois dessa data tenhamos eliminado completamente o papel nos processos de decisão do licenciamento urbanístico», afirma. «O nosso compromisso é reduzir os tempos e melhorar a qualidade da decisão», completa.  

Além das claras vantagens para os promotores e para o andamento dos projetos, Ricardo Veludo considera que este novo sistema tem também uma outra vantagem para o município, que é a possibilidade de medir o trabalho. Garante que «queremos estar à altura do dinamismo do setor imobiliário durante esta crise. Todos devem trabalhar em colaboração».

Neste momento, a autarquia tem cerca de 400 pessoas da gestão urbanística em teletrabalho, uma mudança que foi feita muito rapidamente no início da pandemia, como recorda. E lembra que, mesmo antes da pandemia, a Câmara Municipal de Lisboa estava a trabalhar na recuperação de tempo na análise de projetos. «No primeiro trimestre estivemos sem pendências», admitindo que este é «um desafio muito grande». Nessa altura, e assumindo que estavam dentro dos conformes, os projetos estavam a ser aprovados «em poucos meses», garante.