Worx

Investimento poderá retomar quando a pandemia acalmar

Ana Tavares |
Investimento poderá retomar quando a pandemia acalmar

Quem o diz é Pedro Valente do Departamento de Capital Markets da Worx, que explica ainda que a maioria dos investidores não estão a tomar decisões neste momento porque «estão a avaliar o impacto» da pandemia Covid-19 nos seus portfolios. Isto quer dizer que hoje os investidores têm as suas atenções voltadas para a gestão das solicitações de carência e para a redução de rendas dos ocupantes.

Dadas as circunstâncias, o investimento em novos projetos encontra-se em stand-by. Mas há exceções, como é o caso das operações que já estavam em fase avançada de negociação antes do atual cenário, revela.

Apesar de hoje os investidores poderem contar com apoios das entidades bancárias para enfrentar as consequências económicas da crise, Pedro Valente reconhece que «o cenário atual pode vir a revelar-se uma oportunidade para investidores oportunistas que, tendo uma enorme liquidez, se focam nas situações em que os atuais proprietários não conseguem cumprir as suas obrigações e são forçados a vender».

Um outro cenário no médio prazo, diz respeito ao aumento das yields, que se podem traduzir na descida dos preços dos ativos. Ainda assim, Pedro Valente considera que «ainda é muito cedo para perceber se estas descidas de preço irão de facto acontecer e, caso aconteçam, em que escala». Para já, é esperado o «rápido regresso aos negócios», garante.