Prémio Nacional de Reabilitação Urbana anuncia finalistas de 2018

Ana Tavares |
Prémio Nacional de Reabilitação Urbana anuncia finalistas de 2018

 

Esta é a primeira vez que se antecipa a divulgação dos 3 projetos finalistas em cada uma das 10 categorias a concurso. A lista de nomeados selecionada pelo júri do galardão inclui os vencedores da edição deste ano, que serão conhecidos a 9 de maio numa cerimónia exclusiva no espaço Colunata Eventos, no parque do Bom Jesus, em Braga.

O Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2018 será atribuído a cada um dos melhores projetos de reabilitação de habitação;  turismo; impacto social; serviços & comércio; na cidade de Lisboa;  na cidade do Porto; com menos de 1.000 m2; de restauro; de reabilitação estrutural e com a melhor solução de eficiência energética (esta última, apurada pela ADENE).

Lisboa e Porto concentram a esmagadora maioria dos finalistas, à exceção de dois candidatos situados em Matosinhos e Marco de Canaveses. Na edição deste ano, a organização registou mais de 90 candidatos oriundos de todo o território nacional e 76 candidaturas validadas de 20 concelhos.

 

Lista de nomeados:

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Residencial

    • Liberdade 203 (Lisboa)
    • República 37 (Lisboa)
    • Junqueira 156 (Lisboa)

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Impacto Social

    • Real Vinícola (Matosinhos)
    • Escola Básica Maria Barroso (Lisboa)
    • Albergues Nocturnos do Porto (Porto)

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Comercial & Serviços

    • Sede Abreu Advogados (Lisboa)
    • A Garagem (Lisboa)
    • District Offices & LIfestyle (Porto)

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Turismo

    • 1908 Lisboa Hotel (Lisboa)
    • Eurostars Porto Douro Apartamentos Turísticos (Porto)
    • Verride Palácio Santa Catarina (Lisboa)

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Cidade de Lisboa

    • Liberdade 203
    • República 37
    • Palácio das Galveias (Requalificação e restauro)

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Cidade do Porto

    • Hotel Torel Avantgarde
    • Albergues Nocturnos do Porto
    • Jardim Botânico do Porto – Casa Andresen e Estufas

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Intervenção inferior a 1.000 m2

    • Ed. Praça de São Paulo (Lisboa)
    • Quinta em Catapeixe (Marco de Canaveses)
    • Casa dos Pátios (Porto)

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Restauro

    • 1908 Lisboa Hotel (Lisboa)
    • Palácio das Galveias (Lisboa)
    • Quinta Alegre (Lisboa)

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Reabilitação Estrutural

    • República 37 (Lisboa)
    • Escola Básica Maria Barroso (Lisboa)
    • 1908 Lisboa Hotel (Lisboa)

- Prémio Nacional de Reabilitação Urbana – Melhor Solução de Eficiência Energética

    • Os três projetos nomeados nesta categoria estão ainda em apuramento pela ADENE.

 

O Prémio Nacional de Reabilitação Urbana é uma iniciativa da Vida Imobiliária e da Promevi. Conta com um júri independente constituído pelos arquitetos João Carlos Santos e João Santa-Rita, pelo economista João Duque e pelos engenheiros João Appleton e Manuel Reis Campos, este último também líder associativo.

O galardão tem o Alto Patrocínio do Governo de Portugal, concedido através da Direção Geral do Património Cultural, entidade tutelada pelo Ministério da Cultura. Esta é uma iniciativa à qual a SECIL se associa de forma ampla e que reúne um vasto apoio do setor empresarial, institucional e da sociedade civil. Conta este ano também com o forte apoio da Câmara Municipal de Braga, cidade que será, pela primeira vez, a anfitriã da entrega do galardão. A Schmitt+Sohn Elevadores, a Savills Aguirre Newman e o Santander Totta, na categoria platina; e a Revigres, Sanitana, SRS Advogados e Victoria Seguros na categoria ouro; são as empresas que apoiam. O Idealista é o portal oficial da iniciativa, a TSF a rádio oficial, o Público Imobiliário o jornal oficial, enquanto a Confidencial Imobiliário e a Iberian Property são os media partners.