Licenciamentos de hotéis cresceram 60% em 2017

Ana Tavares |
Licenciamentos de hotéis cresceram 60% em 2017

 

A informação é apurada pela Confidencial Imobiliário, no âmbito da análise ao pipeline imobiliário, com base no tratamento dos pré-certificados energéticos emitidos pela ADENE. Mostra que se manteve a tendência de crescimento que já tinha sido registada entre 2015 e 2016, quando os licenciamentos aumentaram 47%. E, no acumulado de 3 anos, entre 2015 e 2017, foram submetidos a processo de licenciamento municipal um total de 164 novos projetos hoteleiros.

A Ci aponta a maior dispersão geográfica do investimento em novos hotéis ao longo destes 3 anos. Em 2015, os novos hotéis concentravam-se em 18 municípios, número que subiu para 24 em 2016 e para 39 em 2017.

Lisboa e Porto continuam a dominar os novos licenciamentos de projetos hoteleiros. A Ci destaca também que municípios adjacentes, como Sintra ou Matosinhos, também viram surgir 3 novos projetos de hotéis cada um.

Nota também para o facto de, em 2017, o crescimento do número de novos licenciamentos ter sido impulsionado por projetos de reabilitação urbana, «um claro processo de regeneração de edifícios e de unidades hoteleiras antigas», ao passo que entre 2015 e 2016 o crescimento foi suportado por hotéis de construção nova.

Ricardo Guimarães, diretor da Ci, realça que «a dinâmica temporal mostra que o investimento hoteleiro tem cada vez mais saído de Lisboa, dispersando-se geograficamente e dinamizando mercados menos centrais. De facto, 60% do crescimento no número de novos projetos em carteira observado em 2017 teve lugar nas regiões não metropolitanas».