Habitação valoriza quase 4 vezes mais que os imóveis comerciais

Ana Tavares |
Habitação valoriza quase 4 vezes mais que os imóveis comerciais

2016 foi o 3º ano consecutivo de aumentos no âmbito deste índice, embora o crescimento tenha abrandado dos 3,5% de 2015. O INE explica que «comparativamente com a evolução dos preços das habitações dada pelo IPHab, o aumento dos preços de transacções de propriedades comerciais em 2016 foi inferior em 5,1 pontos percentuais, tendo sido o ano da série disponível em que a diferença entre as taxas de variação dos preços dos dois tipos de imóveis foi maior».

Por um lado, entre 2010 e 2012, notou-se a descida continuada dos preços das propriedades comerciais e residenciais, sendo que o comercial perdeu mais valor que o residencial. A partir de 2013, verificou-se uma «nítida recuperação dos preços que foi mais acentuada para o mercado residencial do que para os imóveis comerciais».

O IPPCom é divulgado anualmente desde 2009. Insere-se «no quadro conceptual e metodológico já utilizado para a produção do Índice de Preços da Habitação (IPHab)», segundo explica o INE