Shopping Brasília com “cara nova” até 2021

Ana Tavares |
Shopping Brasília com “cara nova” até 2021

A ideia é apostar num novo conceito de lojas de especialidade dedicadas à restauração, como vinhos ou chocolates, explicou Frederico Pacheco, da equipa de Mareting do centro comercial. Explica que «a nossa ideia é captar street food (comida de rua) e zero waste (desperdício zero), com produtos biológicos, vegetarianos».

Para o efeito, está a decorrer um concurso de ideias para remodelação dos espaços comuns, intitulado “A Tua Ideia Faz Parte”, em parceria com a Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP) e a Escola Superior de Artes e Design (ESAD) de Matosinhos.

De acordo com a Lusa e o Público, o centro comercial pretende integrar na sua oferta os lojistas das Galerias Lumière, que deverão encerrar no próximo ano. Já terão sido convidados a conhecer o projeto de remodelação: «a premissa neste momento é que [os lojistas] tenham uma segunda loja no Brasília. Convidamos todos os lojistas [das Galerias Lumière] a ter uma segunda loja, porque nós identificamo-nos com os negócios que existem atualmente nas Galerias Lumière».

Por outro lado, segundo a mesma fonte, já deu entrada na câmara do Porto um Pedido de Informação Prévia sobre um novo projeto para as Galerias Lumière.