Mercadona estreia-se em Portugal. Vai investir €100M até ao final do ano

Ana Tavares |
Mercadona estreia-se em Portugal. Vai investir €100M até ao final do ano

Este é o primeiro supermercado que marca o início do projeto de internacionalização da empresa, que em Espanha tem 1.636 lojas e uma faturação de 24.305 milhões de euros. Com 1.800 m², representa um investimento de 8 milhões de euros, e é a primeira das 10 lojas que a empresa vai abrir em Portugal até ao final do ano, todas elas nos distritos de Porto, Braga e Aveiro.

No total, deverá investir mais de 100 milhões de euros durante este ano, aos quais se somam os 160 milhões de euros que já investiu até à data, incluindo uma plataforma logística na Póvoa do Varzim ou o Centro de Coinovação em Matosinhos. O investimento global deverá ultrapassar os 260 milhões de euros desde que anunciou a sua entrada em Portugal, há 3 anos atrás.

Esta segunda-feira decorreu a visita institucional ao novo espaço, contando com a presença do presidente da empresa, Juan Roig, ou da vice-presidente Hortensia Herrero, além dos membros do Conselho de Administração ou do Comité de Direção da Empresa, do secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieiras, do secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres, e do autarca Eduardo Vítor Rodrigues.

Para Juan Roig, «tornámos realidade o nosso sonho de internacionalizar a empresa num país vizinho com o qual temos importantes laços emocionais e culturais, como é o caso de Portugal. Em nome de todos nós que formamos a Mercadona, gostaria de agradecer a Portugal o apoio recebido para tornar realidade este marco empresarial num país que nos acolheu de braços abertos desde o primeiro dia e que é um exemplo de modernidade e inovação. Hoje é o início de um projeto partilhado para construir riqueza e progresso neste país irmão».

A próxima loja deverá abrir já na próxima semana, a 9 de julho, em Sousa Aroso, Matosinhos. Seguem-se Vermoim, na Maia, e Fânzeres, em Gondomar, nas semanas seguintes.