El Corte Inglés quer chegar ao Porto

Fernanda Cerqueira |
El Corte Inglés quer chegar ao Porto

«O projeto do El Corte Inglés vai renascer no Porto», revelou o vereador do Pelouro da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente, que falava, na manhã do dia 4 de julho, à margem da apresentação de um estudo sobre o mercado residencial na cidade do Porto.

Na mesma data, à tarde, durante o Almoço-Conferência da Vida Imobiliária o vereador teve oportunidade de explicar que «há de facto uma aproximação do El Corte Inglês no sentido de se instalar no Porto». «Como sabem esta foi uma aproximação já tentada anteriormente e que não foi viabilizada pela Câmara do Porto, à data liderada por Rui Rio. Estamos novamente em posição de avaliar as oportunidades». O grupo espanhol «está neste momento a tratar da questão do licenciamento», informou Ricardo Valente.

O projeto apresentado será «multifuncional». A ideia, revelou o vereador, é que projeto seja algo mais segmentado, incluindo a área comercial, mas também outros equipamentos como por exemplo ginásios e até uma zona hoteleira.

Vendas do El Corte Inglés em Portugal superam os €506M

As vendas do El Corte Inglés em Portugal ultrapassaram os 506 milhões de euros, no exercício fiscal findo em 28 de fevereiro deste ano, um novo recorde do grupo espanhol. Segundo assinala o Marketeer, o crescimento registado no período anterior representa um aumento de 5,6% em relação ao ano anterior.  

O resultado líquido, por seu turno, cresceu para os 29 milhões de euros, o que representa mais 4,4 milhões do que em 2017. O EBITDA também aumento, mais 12%, para os 57 milhões de euros. Também os custos e as despesas de exploração aumentaram, mais 4,7%, fixando-se nos 488 milhões de euros.