Centros Comerciais

Centros comerciais não esperam impacto significativo das novas medidas

Ana Tavares |
Centros comerciais não esperam impacto significativo das novas medidas

De acordo com as novas regras que entram em vigor esta semana, as autarquias podem fixar novos horários de encerramento entre as 20h e as 23h, bem como a limitação do número de pessoas em grupos nos espaços de restauração. António Sampaio de Mattos, Presidente da Associação Portuguesa de Centros Comerciais, considera que estas medidas «não vão alterar nada de forma significativa. O que impossibilita que a melhoria ou que crescimento aconteça são outro tipo de medidas, ainda em vigor, e que ainda não foram alteradas. Tais como a capacidade máxima dos centros comerciais, de cinco pessoas por cada 100 metros quadrados», aponta.

O responsável acredita que é essencial garantir as condições de segurança necessárias à população, «para que o país avance». Segundo o dirigente associativo, «o valor da quebra de vendas tem vindo a diminuir. Precisamos de criar condições, em termos de saúde e de economia haja aqui um equilíbrio que permita que o país avance», cita a TSF.