Turismo

AM + PM requalifica Forte da Barra de Aveiro

Ana Tavares |
AM + PM requalifica Forte da Barra de Aveiro

O Forte da Barra de Aveiro é uma fortificação do tipo abaluartado, edificada no século XVII, no período pós restauração. Fez parte de um conjunto de fortalezas joaninas construídas no mesmo período para reforçar as fronteiras do reino.

Em meados do século XIX a fortaleza perdeu importância defensiva e estratégica, sendo desativada das suas funções militares. Ainda serviu de local de orientação para entrada de barcos na Barra de Aveiro, mas perdeu essa função com a construção do farol da Barra.
O imóvel tem uma localização privilegiada sobre a foz do rio Vouga, em pleno Porto de Aveiro, na ilha da Mó de Baixo.

Esta concessão será feita por um período de 50 anos, mediante o pagamento de uma renda anual de 6.500 euros.

Até agora, já foram lançados concursos para a concessão de 22 imóveis no âmbito do Programa Revive. Foram adjudicadas 18 concessões, que representam um investimento estimado de cerca de 138,6 milhões de euros, e rendas anuais para o Estado de 2,4 milhões de euros.

Neste momento, continua aberto o concurso para a concessão do Mosteiro de Santo André de Rendufe, em Amares, prevendo-se para breve o lançamento dos concursos de concessão dos Fortes de S. João da Cadaveira e de S. Pedro, em Cascais, do Santuário de Cabo Espichel, em Sesimbra e da Casa do Outeiro, em Paredes de Coura.