Vistos turísticos vão contribuir para o Fundo do Turismo angolano

Ana Tavares |
Vistos turísticos vão contribuir para o Fundo do Turismo angolano

 

A informação consta de um decreto presidencial ao qual a Lusa teve acesso esta semana, segundo o qual são aprovadas as novas Taxas de Actos Migratórios Consulares em Angola. Define-se que 10% dos 21.350 kwanzas cobrados pelo visto de turismo revertem para o fundo. Outros 40% são destinados ao Serviço de Migração e Estrangeiros.

O Observador recorda que o Fundo de Fomento Turístico angolano agrega todos os recursos financeiros destinados ao financiamento para o desenvolvimento do turismo em Angola.