Habitação

Portugal é o país onde os encargos com a casa mais subiram

Ana Tavares |
Portugal é o país onde os encargos com a casa mais subiram

Os portugueses têm atualmente um rendimento disponível, depois de pagos todos os gastos com a habitação, de cerca de 79,4%, que comparam com os 82,2% que “sobravam” em 2010.

Em termos médios, as famílias recebem menos 750 euros por ano hoje que em 2010. No entanto, a proporção de agregados com rendimentos mais baixos que gastam mais de 40% do orçamento em habitação diminuiu para os 21%.

A análise “How’s Life? 2020” mede o bem-estar dos países, nomeadamente o acesso à habitação, já que «quando uma parte significativa do rendimento disponível é gasto na habitação, há uma redução os encargos que as famílias podem ter com outros elementos do seu bem-estar», cita o Idealista.

Em geral, nos últimos 10 anos, a qualidade de vida destes 35 países melhorou, mas continuam a existir diferenças significativas, nomeadamente nos custos com a habitação.