Escritórios

Ocupação de escritórios terá descido perto de 27%

Ana Tavares |
Ocupação de escritórios terá descido perto de 27%

De acordo com os dados preliminares do setor analisados pela CBRE, a descida terá sido de 40% no que diz respeito ao número de negócios. A consultora identifica que as rendas prime não se alteraram em ano de pandemia.

Já no mercado do Porto, a ocupação rondou os 50.000 m², menos 23% que em 2019. O número de negócios terá descido 30%.

André Almada, Diretor de Advisory & Transaction Offices da CBRE, explica que «apesar do cenário de incerteza que se verificou neste segmento, a CBRE esteve em contraciclo e regista um crescimento de 5%, alicerçado em importantes negócios que intermediou, como o arrendamento de 17.000 m² no edifício Monumental Saldanha ao BPI e de 14.500 m² na Quinta da Fonte a uma multinacional americana a operar no setor da tecnologia».