Coworking

Letswork compra plataforma de coworking portuguesa Krow

Ana Tavares |
Letswork compra plataforma de coworking portuguesa Krow
Photo by CoWomen on Unsplash

A plataforma de coworking portuguesa Krow foi comprada pela Letswork, empresa sediada no Dubai, considerada a maior plataforma de coworking do Médio Oriente.

Esta é a primeira aquisição de sempre da Letswork, e marca o arranque da sua estratégia de expansão e entrada em novos mercados no setor de proptech. A Krow vai agora fazer parte de uma rede com mais de 100 espaços de trabalho remoto em todo o mundo mas, até ao final de 2022, a Letstwork tem como objetivo adicionar 1.000 espaços à sua rede.

A Krow foi fundada por Paulo Palha e Joana Balaguer durante a pandemia, e propõe um modelo de trabalho remoto usando hotéis que se transformam em escritórios «por um dia». Os co-fundadores vão juntar-se à equipa da Letswork como responsáveis do mercado ibérico.

Segundo os responsáveis, «sentimos que do ponto de vista do negócio fazia sentido juntar forças. Por vezes devemos olhar para aquilo que faz mais sentido para o mercado e para os consumidores do que propriamente para os nossos egos. Estamos muito felizes e entusiasmados por nos juntarmos à equipa da Letswork. Na Krow sempre acreditamos em colaborar com os parceiros certos e esta aquisição irá dar-nos a possibilidade de fazer parte de uma família mais extensa e com a qual partilhamos a nossa visão».

Explicam que, agora, «passamos a ter não só planos mensais mas também flexíveis e até diários. Para além de hotéis, teremos também cafés work-friendly e espaços de coworking».

«A Letswork tem vindo a ser bem-sucedida no crescimento de uma base sólida de clientes nos Emirados Árabes Unidos. Estamos ansiosos por replicar este sucesso sob a liderança do Paulo e da Joana», refere Hamza Khan, co-fundador e CEO da Letswork, citado pelo Pessoas by Eco.

A Letswork arrancou em 2019, e oferece a possibilidade de subscrição de um plano global, o Letswork Pass, que permite trabalhar a partir de vários espaços de coworking, hotéis e cafés, alugar salas de reuniões e escritórios privados conforme as necessidades, através de uma plataforma de reservas específica. Recentemente, angariou um montante não relevado numa ronda Seed liderada pela 500 Global, baseada em Silicon Valley.