Receita do IMT desce pela primeira vez desde 2014

Ana Tavares |
Receita do IMT desce pela primeira vez desde 2014

Nos primeiros sete meses deste ano, as receitas decorrentes da cobrança do imposto chegaram aos 585,6 milhões de euros, menos 5 milhões de euros (0,8%) face a igual período de 2018.

Os números constam dos dados mais recentes da execução orçamental, citados pela Lusa e pelo Idealista. Mostram que a receita do IMT já tinha registado em janeiro e fevereiro quebras homólogas, voltando a descer em julho.

Entre janeiro e julho de 2014, ano em que o dinamismo do mercado imobiliário se começou a refletir nestes números, a receita do IMT somou os 221,1 milhões de euros, subindo para os 332 milhões em 2015 e para os 404,8 milhões em 2016, passando para os 477,7 em 2017.