Tourism International Academy surge no Estoril com investimento de €24M

Ana Tavares |
Tourism International Academy surge no Estoril com investimento de €24M

O novo campus implica um investimento de 24 milhões de euros, 40% dos quais privados, e vai integrar a Escola Internacional de Turismo, no âmbito da Academia da Organização Mundial de Turismo. Terá um hotel de aplicação com 150 quartos e uma residência de estudantes com 80 quartos, a instalar num edifício atualmente devoluto. Os dois ativos serão alvo de concurso público de concessão para os privados.

Será ainda construído um outro edifício com 2.500 metros quadrados para instalação do Centro de Excelência em Turismo, gerido pela ESHTE, e outro para instalações independentes da mesma instituição. A TIA vai integrar também um Centro de Formação da OMT e um espaço para incubação de empresas do setor.

Segundo o Publituris Hotelaria, estão envolvidas no projeto várias entidades públicas e privadas de renome, como a Universidade Nova de Lisboa, a CITUR, Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril e Turismo de Portugal, para além de grupos privados como o Grupo Pestana, PortoBay, Vila Galé, Hoti, Martinhal, Vip, entre outros.

A primeira pedra do projeto foi lançada a 16 de julho na sequência da assinatura de um protocolo pelo secretário-geral da Organização Mundial do Turismo. Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, afirmou na ocasião que «este projeto é fundamental para qualificar recursos humanos no Turismo e afirmar Portugal como país de referência, também na formação turística. Teremos como parceiros-chave a OMT e o Instituto de Formação Turística de Macau, criando pontes para a capacitação de pessoas de todo o mundo. Por outro lado, o projeto é aberto às empresas de Turismo que queiram participar para aproximar a resposta da formação às necessidades da procura», cita o Eco.

Por seu turno, Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, nota que «considerando a localização estratégica do campus, a aposta na formação como grande desafio do setor, a promoção de Portugal como destino para estudantes e o posicionamento do nosso país como hub internacional para o desenvolvimento de novos projetos em turismo, entendemos que este é o momento certo para que o projeto Tourism International Academy seja dinamizado».

De acordo com a mesma fonte, o projeto deverá ser concluído até 2023, altura em que deverá acolher cerca de 5.000 alunos.