Remodelação do Porto Palácio vai custar mais de €3M

Ana Tavares |
Remodelação do Porto Palácio vai custar mais de €3M

A ideia é «acompanhar as novas dinâmicas turísticas na cidade do Porto», explicou Pedro Serra, diretor da unidade, à Publituris Hotelaria, durante o evento oficial de apresentação dos novos projetos do hotel. «Houve uma enorme intervenção há cerca de 10 ou 12 anos na unidade e, desde então, não se voltou a fazer nenhuma remodelação. Sentimos, com tudo o que está a acontecer na cidade, a necessidade de voltar a atualizar e cortar com aquilo que existia; dar mais luz e tornar o hotel mais contemporâneo, um luxo contemporâneo mais alinhado com a nova geração de consumidores».

Nos próximos meses, os 252 quartos e suites do hotel terão televisões de 49 polegadas, usb plug e Google Chromecast. A sala de congressos vai ter capacidade para 230 pessoas, e o espaço de catering vai poder receber perto de 550 pessoas. O spa vai voltar a apostar na gestão própria, e terá novos equipamentos e tratamentos.

Outra das novidades será a atualização do 18º piso, atualmente o Vip Lounge, que dará lugar ao The HUB, um gastrobar aberto 24 horas por dia, sob a alçada do chef André Silva. A aposta no F&B é assumida, trata-se de «um elemento central e esse é que vai ser o nosso elemento diferenciador face à concorrência. O facto de termos uma oferta gastronómica pujante e diferente do que existe na cidade será um ponto de destaque».

De recordar que a Sonae Capital colocou no mercado o Porto Palácio, enquanto parte de uma carteira de ativos mais alargada, chamada “Boavista Upscale”, como noticiou o ECO no final de março. Só o hotel estará avaliado em cerca de 34 milhões de euros.