Porto Palácio das Cardosas celebra oito anos

Ana Tavares |
Porto Palácio das Cardosas celebra oito anos

«Conseguimos afirmar o hotel não só na cidade, mas em Portugal e além-fronteiras. A nossa ocupação é muito boa durante todo o ano e tem sido assim desde o início», explica Vincent Poulingue, diretor geral da unidade, ao Publituris Hotelaria.

2018 foi ano de recorde de receitas para o hotel, atingindo uma taxa de ocupação de 80%, e um crescimento do RevPar acima da média do mercado. A maior parte dos clientes são oriundos da Europa mas também dos Brasil ou dos EUA, México, Austrália e China.

O Porto Palácio das Cardosas abriu numa altura em que eram muitos os hotéis que fechavam a cada dia. «Apesar da crise tínhamos vários fatores a nosso favor, como a localização, o edifício único, a qualidade do nosso serviço. O facto de fazermos parte de uma cadeia internacional de renome. A marca InterContinental facilitou a atração de visitantes estrangeiros numa altura em que o turismo no Porto não era o que é hoje e por isso superámos este momento difícil com muito trabalho e perseverança», explica Poulingue.

O responsável acredita que «Portugal vive um excelente momento no que concerne ao turismo e ao Porto em particular, muito pelo facto de ter recebido a atenção da imprensa internacional e de ser servido por companhias aéreas de todo o mundo. Nos últimos anos, a cidade sofreu um boom de visitantes, o que impulsionou o panorama hoteleiro, com a abertura de novos hotéis, aposta de cadeias internacionais. Tudo isto é proveitoso para a economia do país, pois gera emprego nas mais diversas áreas no sentido de dar resposta à procura».