Penha Longa Resort muda oficialmente de mãos (atual.)

Ana Tavares |
Penha Longa Resort muda oficialmente de mãos (atual.)

 

O ativo, anterior propriedade do Deutsche Bank, vai continuar a ser gerido pela Ritz-Carlton, marca do Grupo Marriott, que gere o hotel em Sintra desde 2003. O montante da operação terá ascendido aos 100 milhões de euros, segundo apurou o Negócios no final de novembro.

A informação foi avançada em comunicado de imprensa, sem mencionar o valor do investimento, onde Peter Stoll, diretor geral da Carlyle European Realty destaca que «o Penha Longa é um dos mais reconhecidos hotéis em Portugal, e o setor da hotelaria no país está a sentir uma forte procura por parte dos viajantes, tanto os de lazer como os corporativos». E acrescenta que «estamos entusiasmados por sermos parceiros da Explorer Investments para desenvolver todo o potencial do resort».

Já para Pedro Seabra, sócio da Explorer e responsável pela área imobiliária da empresa, «a atividade da Explorer de investimento e gestão de ativos na área do imobiliário e da hotelaria está a crescer de forma sustentável e estamos muito satisfeitos com a qualidade deste ativo, que inclui um produto hoteleiro distinto e desenvolvimento imobiliário de primeira classe, e com a qualidade do nosso parceiro neste investimento».

A Carlyle e a Explorer contaram com a assessoria da CBRE, da Uría Menéndez – Proença de Carvalho e da Deloitte.

Duarte Morais Santos, Consultor Sénior da CBRE Hotels, comenta em comunicado que «o turismo continua a ser um dos principais pilares da economia portuguesa, com recordes consecutivos nas taxas de ocupação.  Ao conhecer o Penha Longa Hotel & Golf Resort é fácil perceber por que é que cada vez mais os turistas selecionam Portugal para ir para férias. A transação mostra o excelente trabalho que a CBRE Hotels tem desenvolvido e estamos orgulhosos por ter uma parte ativa na transação deste resort».

 

 

 

 

 

Actualização a 2 de janeiro, 9h16