Lançada a primeira pedra para o novo Vila Galé de Alter do Chão

Ana Tavares |
Lançada a primeira pedra para o novo Vila Galé de Alter do Chão

 

A informação foi dada por Jorge Rebelo de Almeida, presidente do grupo hoteleiro, durante a cerimónia de lançamento da primeira pedra desta nova unidade, ao abrigo do programa Revive.

O grupo português vai investir aqui um total de 8,5 milhões de euros na reabilitação de parte dos edifícios da Coudelaria, que darão origem a um hotel de 76 quartos de nível “collection”.

No âmbito do programa Revive, o Estado concessiona imóveis classificados devolutos a privados, neste caso por um período de 50 anos. Segundo a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, presente na mesma cerimónia, serão brevemente lançados os concursos para as concessões do Paço Real de Caxias, em Oeiras, o mosteiro de São Salvador de Travanca, em Amarante, e o Forte da Barra de Aveiro, cita o Negócios.

 

Grupo desiste de hotel em Belém

Entretanto, Jorge Rebelo de Almeida afirmou que o grupo não vai apresentar proposta para o concurso público internacional para a construção de um novo hotel de 4 estrelas no Centro Cultural de Belém, uma intenção que tinha sido avançada no final do ano passado.

Em resposta aos jornalistas, o responsável admitiu um investimento «elevado» entre os 60 e os 70 milhões de euros, mas apontou como outra das razões da desistência a exigência do pagamento de uma renda com o projeto ainda em obra – 300.000 euros anuais, segundo o procedimento público internacional, durante o período de construção, que aumentam para 900.000 euros após a conclusão da empreitada.