INTERNOS compra Lux Park Hotel em Lisboa

Susana Correia |
INTERNOS compra Lux Park Hotel em Lisboa

Este hotel foi adquirido por 16 milhões de euros ao Lux Hotel Group, numa operação de sales & leaseback. Localizado junto ao Marquês de Pombal e às Amoreiras, este quatro estrelas conta com uma oferta de 95 quartos, restaurante, piscina e bar na cobertura, beneficiando de vistas sobre a cidade e o Mar.

Simultaneamente, a Internos fechou também a compra de um outro hotel na cidade alemã de Kiel, por 16,7 milhões de euros à dinamarquesa K/S Schlossgarten Kiel. Trata-se do Steigenberger Conti Hansa Hotel, um quatro estrelas superior com 164 quartos, dois restaurantes, 11 salas de reunião e ginásio. O hotel é operado pela Deutsche Hospitality através da sua marca Steigenberger, ao abrigo de um contrato de arrendamento longo prazo. Concretizada a compra, a Internos irá agora investir nele outros cinco milhões de euros, com o objetivo de melhorar a sua qualidade e, assim, maximizar o potencial de lucro e o seu valor.

Totalizando 32,7 milhões de euros, estas operações juntam-se à compra, no ultimo verão, do NH Ambasciatori na cidade italiana de Turim, encerrando assim a estratégia de reinvestimento dos 80 milhões de euros encaixados no primeiro semestre de 2016 com a venda dos hotéis Maritim Dresden e Ibis City West em Munique.

O portfólio do First Hotel Real Estate Fund passa assim a integrar um total de 14 ativos em vários pontos da Europa, com o seu valor a ascender aos 500 milhões de euros. De acordo com a Internos, desde o seu primeiro fecho de capital o fundo tem vindo a distribuir aos seus investidores dividendos anuais de mais de 8%, devolvendo um retorno de 12% ao ano. Em comunicado, a Internos explica que na base desta boa performance estão contratos de arrendamento de longo prazo com rendas fixas e a baixa taxa de juro dos empréstimos indexados ao fundo, uma situação que deverá manter-se, com a sociedade gestora a prever que o fundo continue a gerar retornos anuais desta ordem nos próximos anos.

Depois da venda bem sucedida de dois hotéis no início do ano passado, que contribuíram para que fossem atingidos retornos superiores aqueles que são o objetivo do fundo; estas duas últimas compras permitiram-nos reinvestir o capital na zona Euro; passando de mercados mais maduros para mercados com maior potencial de crescimento e, uma vez mais, apostando em ativos de elevada qualidade que combinam o potencial de criar valor com bons retornos operacionais. Estas operações encerram assim o período de investimento do primeiro Internos Hotel Real Estate Fund e, assim, iremos agora focar-nos no segundo fundo Internos Hotel Real Estate e na sua estratégia de aquisição de ativos Core+ e Value Add, e para o qual temos mandatos de compra. Temos mais de 300 milhões de euros de capital disponível para este fundo incluindo os mandatos existentes, e além disso vamos continuar a olhar ativamente para novas oportunidades de investimento em hotéis na Europa tendo em conta as várias estratégias e perfis de risco”, comentou Jochen Schäfer-Surén, o partner responsável pela gestão da divisão de Hotel & Leisure da Internos.

Com uma presença pan-europeia, a Internos Global Investors é uma sociedade gestora de fundos de investimento imobiliário internacionais, tendo mais de 3.700 milhões em ativos sob gestão.