Hotelaria e turismo empregam 328.500 pessoas

Ana Tavares |
Hotelaria e turismo empregam 328.500 pessoas

Estes são dados do Turismo de Portugal referentes a 2018, que constam do Club Survey do setor da hotelaria em Portugal, um estudo salarial sobre o setor agora apresentado pela Mercer, numa altura em que os recursos humanos são um dos principais desafios do mercado.

Este estudo analisou uma amostra de 93 hotéis e pousadas, e mostra que 7% das empresas são nacionais, concluindo que 28% têm mais de 500 colaboradores, e 50% apresentam um volume de negócios entre os 5 e os 20 milhões de euros.

54% da população ativa deste setor é do sexo masculino, e 46% do sexo feminino, 20% com idade inferior a 26 anos, sendo que a antiguidade nas empresas é inferior a 4 anos.

Marta Dias Gonçalves, da Mercer, comenta que «o setor da hotelaria e turismo apresenta uma enorme importância para a economia nacional, sendo um dos setores que mais pessoas emprega em Portugal. Com o Club Survey do Setor da Hotelaria identificámos que a população ativa no setor é bastante jovem e verificámos que há alguma escassez de mão-de-obra especializada».

Resume que, «relativamente à compensação dos colaboradores, verificámos também que a principal condicionante para o incremento salarial são os resultados da organização e o desempenho individual, sendo que as perspetivas para este ano relativamente a este assunto são animadoras. Com este estudo pretendemos ajudar os profissionais do setor a compreenderem melhor a sua realidade e conceder insights que permitam apoiar as suas tomadas de decisão estratégica».

Em 2019 a consultora prevê que Direção Geral/Administração, os Diretores de 1ª Linha e Comerciais/Vendas tenham um incremento salarial médio de 1,6%, enquanto os Administrativos e Operários 1,9%, e Chefias Intermédias e Quadros Superiores 2,1%.