Hotelaria mantém margem para crescimento em Lisboa e Porto

Ana Tavares |
Hotelaria mantém margem para crescimento em Lisboa e Porto

De acordo com a consultora, em mais um ano de crescimento do turismo, o ajuste registado na ocupação tem vindo a preocupar os operadores e a suscitar algumas dúvidas sobre o impacto de nova oferta. Mas o mais recente relatório da Colliers conclui que as duas cidades «conservam potencial para acomodar mais quartos de hotel».

Segundo o relatório, só este ano abriram 800 novos quartos de hotel na cidade de Lisboa e estão outros 250 em pipeline até ao final do ano, uma subida de 5%, altura em que o stock de quartos deverá atingir os 22.500, distribuídos por 230 unidades. Destacam-se as unidades de 4 e 5 estrelas, que representam 90% da oferta nova deste ano.

O Porto deverá fechar o ano com cerca de 8.000 quartos, distribuídos por 115 hotéis, um crescimento de 6%, pelo quinto ano consecutivo acima dos 5%. Este ano, os novos hotéis de 4 estrelas representam mais de 70% da nova oferta de quartos.

Nos últimos 10 anos, Gustavo Castro, diretor de Research da Colliers, comenta que «a nossa conclusão não aponta para uma capacidade infinita de absorção de quartos de hotel. Porém, a análise do comportamento da procura e da oferta, as comparações internacionais e outros indicadores a montante e a jusante do mercado, permitem concluir que ambas as cidades mantêm margem de crescimento».

Mas avisa que «o inerente acréscimo de concorrência e a internacionalização do mercado nas duas cidades, induzirá um processo de seleção mais rigoroso dos turistas e a criação de um produto turístico de maior qualidade e mais diferenciado».

No estudo, a Colliers destaca a análise que fez ao Algarve, região que não cresceu tanto como outras zonas do país, mas que continuou a registar um aumento nos preços, sem prejuízo da ocupação. E também aqui considera haver potencial de aumento da oferta, «sobretudo com oportunidades por explorar (melhor), como o turismo de eventos desportivos ou o crescente turismo de saúde e bem-estar».