Hotel Cidadela de Cascais transforma-se em habitação de luxo

Ana Tavares |
Hotel Cidadela de Cascais transforma-se em habitação de luxo

Situado na avenida 25 de Abril, este novo empreendimento vai conjugar um conjunto residencial de luxo composto por 10 moradias privadas e 28 apartamentos e por um hotel de 5 estrelas. Os preços das diferentes tipologias vão variar entre os 560.000 e os 2,77 milhões de euros. Serviço de concierge, porteiro, piscina exterior, ginásio e spa ou o usufruto dos serviços do hotel serão algumas das amenities do Legacy.

O Legacy deverá ficar concluído no verão de 2022. Está a ser comercializado pela JLL, IRG e Coldwell Banker Luxus em regime de co-exclusividade.

Patrícia Barão, Head of Residential da JLL, considera que «o Legacy é o projeto mais aguardado de Cascais. No coração da vila, este projeto vai marcar o mercado residencial em Portugal. É um condomínio que eleva o luxo a novos patamares, quer no conceito de residências num enquadramento único, quer nos pequenos detalhes de design. Estamos certos que vai gerar grande interesse junto de um público que valoriza ter uma joia rara, um legado único».

Por seu turno, Charles Roberts e Nuno Durão, sócios gerentes da Fine & Country afirmam que «o Legacy é um conceito único para o centro de Cascais, o tipo de projeto que os clientes da Fine & Country procuram. Apartamentos de elevada qualidade, numa localização prime, mas com a possibilidade de serviço de um Hotel de 5 Estrelas. Sejam residentes permanentes ou temporários, esta é a propriedade que melhor traduz qualidade de vida, pela segurança, pelos serviços e pela localização no centro histórico de Cascais».

Já Pedro Abecassis, Owner da Coldwell Banker Luxus, destaca que «o Legacy vem trazer um novo conceito de luxo ao mercado residencial em Cascais. Em pleno centro histórico, este condomínio privado disponibiliza uma oferta diferenciada de alto padrão internacional, assegurado por um sofisticado serviço de Hotel 5 estrelas, que irá elevar o nível das expectativas, a este segmento cada vez mais exigente».