GuestReady soma €51M em propriedades geridas em Portugal

Ana Tavares |
GuestReady soma €51M em propriedades geridas em Portugal

A ideia é duplicar este portfólio em 2020, conforme avançou à agência Lusa o presidente executivo da empresa, Alexander Limpert, nomeadamente porque o Porto está atualmente em análise, além de «outras cidades para as quais nos poderemos expandir».
A par dos Emirados Árabes Unidos, é em Portugal que a empresa mais cresce, pois «além de ser um destino turístico popular, tem grandes empresas tecnológicas como a Google, além de 'startups' a abrir escritórios em Lisboa, aumentando o número de visitantes às suas cidades».

Por outro lado, «Portugal sempre atraiu turistas da Europa e de todo o mundo» o que, somado a outros fatores como a gastronomia, monumentos ou praia e natureza, não faz prever abrandamentos da atividade da empresa nos próximos anos.

Limpert explica ainda que «o nosso objetivo é construir uma empresa líder global na gestão de alugueres de curto prazo. Há vários pequenos 'players' no mercado que não possuem a tecnologia necessária para crescer. Quando atingem 50 a 100 propriedades sob a sua administração, fica muito difícil crescer e ter um negócio lucrativo. É nesse momento que começam a procurar players maiores, como a GuestReady», cita o Negócios.