Grupo Pestana consegue receitas de €400M em 2018

Ana Tavares |
Grupo Pestana consegue receitas de €400M em 2018

 

A informação foi dada pelo líder do grupo, José Theotónio, à Reuters, segundo o qual só as receitas dos hotéis aumentaram 8%. O EBITDA aumentou mais de 5% para os 120 milhões de euros, e 70% das receitas do grupo foram geradas no mercado português, que deverá passar a representar 50% nos próximos 4 a 5 anos.

Para José Theotónio, o fenómeno do Brexit e a lotação do aeroporto de Lisboa estão a abrandar o turismo em Portugal. Acredita que já se sente uma diminuição do número de visitantes do Reino Unido, que estão a escolher mercados como a Turquia ou o Egito e a Tunísia, cujas moedas desvalorizaram mais que a libra.

Só as receitas do grupo geradas por britânicos caíram 7% no ano passado, e admite que podem voltar a cair, havendo necessidade de ajustar os preços dos hotéis portugueses para o mercado inglês, em resposta aos concorrentes mediterrânicos. Contudo, «a nossa maior preocupação atualmente é a construção do novo aeroporto».