Dormidas de estrangeiros crescem 20%

Ana Tavares |
Dormidas de estrangeiros crescem 20%

Os dados esta semana publicados pelo INE mostram que a hotelaria portuguesa recebeu mais de 1,12 milhões de hóspedes em novembro, num total de 2,88 milhões de dormidas, crescimentos de 12,6% e 14,7%, respetivamente, face a igual período do ano passado.

Só as dormidas de estrangeiros aumentaram 20%, num total de 2 milhões de dormidas. É de salientar o crescimento de 95% dos brasileiros, de 35,6% dos irlandeses e de 29,5% dos americanos. Os mercados do Reino Unido, Alemanha e Espanha continuam a liderar as dormidas no nosso país.

Lisboa representa 31,3% deste total. Aqui, as dormidas de não residentes subiram 21,5%, o maior aumento das dormidas em Lisboa por parte de estrangeiros desde fevereiro de 2015.

Também o mercado nacional cresceu, 3,9% face a igual período do ano passado. Já a estada média subiu para as 2,56 noites, ao passo que os proveitos totais cresceram 23,6% neste mês, e os de aposento 26,2%, fixando os 153,7 e os 106,2 milhões de euros, respetivamente.

Lisboa registou o maior aumento dos proveitos, que subiram 30,6% no caso dos proveitos totais e 34,4% nos de aposento.

De janeiro a novembro, são contabilizados cerca de 18 milhões de hóspedes e mais de 51 milhões de dormidas, mais 9,9% de visitantes que em igual período de 2015. Os proveitos totais cresceram 17,1%.