Centro quer chegar às 9M de dormidas em 2023

Ana Tavares |
Centro quer chegar às 9M de dormidas em 2023

Os dois documentos foram elaborados em parceria com a Deloitte, e contaram com a presença da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, na sua apresentação. Além do aumento do número de dormidas, nos próximos 10 anos a entidade quer também aumentar a estada média, a taxa líquida de ocupação-cama e o RevPar, cita o DV.

Até 2030, o Turismo do Centro pretende conseguir um crescimento anual de 0,5% da estada média para 1,78 noites em 2023 e 1,85 noites em 2030.

A ideia passa também por alcançar uma taxa de ocupação de 35% em 2023 e de 37% em 2030. Já o RevPar deverá atingir os 28 euros em 2023 e os 35 euros em 2030.

Cultura, História, Património e Gastronomia e Vinhos; Natureza, Wellness, Turismo Ativo e Desportivo e Mar; Lifestyle, Inspirational e novas tendências; Turismo Espiritual e Religioso; e Turismo Corporate e Empresarial serão as novas bandeiras da região no âmbito do novo panorama turístico.